a casa de doiso que fazemoso que já fizemoso que falam da genteparceirosna mídiablogfale conosco

O que já fizemos

Aqui estão apenas alguns dos tantos casamentos que realizamos nesses intensos 3 anos de vida - cada um deles nos passou a sua essência, nos ensinou alguma coisa e teve um papel especial em nossas vidas. Estão guardados em nossas memórias e agora fazem parte da nossa história.

Casamentos realizados

Arlene e Antônio - Bodas de ouro

Com muita sabedoria e generosidade, Arlene e do Antônio souberam lidar com as diferenças e compreender um ao outro dizendo "SIM" todos os dias pelos últimos 50 anos – e isso já é uma linda prova de amor, né? 

Suas Bodas de Ouro foram organizadas com muito carinho por nós e sua filha Valéria (que é também minha cunhada!) para celebrar a renovação dos votos de amor desse casal de "Brancos" - como ela mesma diz.

Brunna e Gustavo - Ilhabela

A Bru e o Guga se casaram no Sea Club em uma cerimônia (literalmente) pé na areia, com direito a um pôr do sol arrebatador: ela chegou de canoa, a daminha levou as alianças em um Camaro amarelo e na festa rolou até bloquinho de carnaval!

Paty e Pedro - Toque Toque Pequeno

Eles se casaram em uma casa linda, com um gramado enorme em frente à praia em uma cerimônia foi pé na areia com direito a suculentas de lembrancinha.

A mãe da noiva fez o vestido (sim!) e boa parte dos detalhes da decoração, como toalhinhas, cortinas de voil e almofadas coloridas. Já a tia do Pedro foi responsável por montar e enfeitar o bolo no dia e também por desempenhar um dos papéis mais importantes na cerimônia - ser a celebrante!

Cássia e Vinícius - Nova Delhi, Bali, Osaka e Serra da Cantareira

Para fazer com que esse momento que já é tão especial se tornasse um marco ainda mais profundo na vida deles, Cássia e Vinícius decidiram celebrar o amor 4 vezes em 4 lugares diferentes do mundo!  

Desejando que cada cerimônia fosse inteiramente real, cada lugar foi escolhido a dedo por ser culturalmente tradicional: o primeiro foi a experiência íntima de um mini wedding para 15 familiares em São Paulo, que contou com uma cerimônia intimista seguida de experiência gourmet que durou até a noite. O segundo foi na Índia (com direito a 2 dias de casamento), o terceiro em Bali e o quarto em Osaka.

Monique e Binho - Itatiba

A Mo e o Binho queriam algo que realmente tivesse o estilo deles. E assim foi!

Desde as músicas cheias de significado escolhidas para a cerimônia, até sua cachorra Mobi entrando com as alianças, passando pelos cunhados responsáveis por celebrar a cerimônia e por aí vai! 

Para fechar a festa com chave de ouro, um bloco de carnaval que não deixou ninguém fora da pista, trazendo até os avós para dançar com as marchinhas!

Camila e Chadi - Santa Gertrudes

A Camila sempre sonhou com um casamento rústico e fez questão de colocar a mão na massa: definiu o local, o estilo, a paleta de cores e priorizou o cenário perfeito para a cerimônia.  

A própria noiva criou a identidade visual, fez as lousas à mão, cardápio, quadrinhos, tags, backdrops. Sua irmã pintou as plaquinhas da cerimônia e da festa enquanto o pai pintou garrafinhas, fez caixas de madeira para acomodar os arranjos florais e a mãe costurou os caminhos de mesa, almofadas, fez os buquês de tecido, vestido da daminha e robes das madrinhas. Ah, e a mãe do Chadi fez as lembrancinhas! Esse foi sim um verdadeiro casamento DIY, muito lindo e com muito amor aos detalhes.

Fernanda e Pizza - Campinas

O casamento da Fe e do Alexandre ‘Pizza’ não poderia ter sido diferente do que foi: o dia estava gostoso, leve. Dava para sentir que as pessoas realmente estavam ali por eles!

O local escolhido foi a Fazenda das Cabras, onde noiva e madrinhas puderam passar o dia se arrumando juntas. A entrada da Fe foi uma das mais emocionantes que já vi, em uma cerimônia que emanou amor e risadas (pois o noivo é um grande piadista...rs).

Com toda a certeza, a tranquilidade da Fe e o humor do Pizza fizeram esse dia ser marcante não só para eles dois, mas para todos os que estavam lá. Inclusive eu.

Rapha e Thiago - São Paulo

Couple hug, couple hug, couple hug. A Rapha fez boa parte dos detalhes pessoalmente e, assim, a carinha deles estava estampada em cada canto da Casa da Fazenda do Morumbi. 

Na cerimônia celebrada pelos tios dos noivos e um casal de amigos, cada padrinho levou uma fita que representava o que eles significavam para o casal: fraternidade, amor, amizade... cada um se tornou parte de um filtro dos sonhos montado ao final da cerimônia com essas fitas. Cada segundo foi calculado por eles, até em qual momento da música o Thi entraria - tudo isso porque cada detalhe tinha significado verdadeiro na vida deles.

Dani e André - Vinhedo

Difícil explicar esse dia: ao chegarem no local para se arrumar junto com a noiva, as madrinhas receberam um robe e junto com esse robe vinha uma linda cartinha. O chororô começou logo cedo! 

De um lado, uma noiva que emana calma, amor e gosta de samba. Do outro, um noivo roqueiro muito apaixonado. Uma cerimônia que se tornou ainda mais genuína realizada por 2 amigos. Na hora da festa teve banda, DJ e até uma bateria de escola de samba!